contestação é a peça processual própria colocada a disposição do r[eu para que ele possa combater os fatos alegados contra si. Ele poderá contestar as formalidades, e deverá contestar o mérito.

Por isso, as defesas da contestação são compreendidas em matérias:

- Preliminares de mérito:

Combatemos alguma formalidade processual para que se dê a extinção do processo sem julgar o mérito, porque qualquer julgamento com ofensa a um princípio formal é anulado. Processo se acaba, pois não está devidamente formalizado. Todas as matérias de defesa preliminar estão no art. 301, CPC.

Ex: MP de Rio Preto promove ação popular contra Bady Bassit, pois abusou da utilização do erário. É parte legítima do pólo ativo qualquer cidadão. Somente o cidadão tem a titularidade ativo. Cidadão é aquele que é portador do título de eleitor. Ilegitimidade de parte ativa – MP não é cidadão, falta a condição da ação, parte ilegítima. Deve extinguir o processo sem resolver o mérito, pois, falta a condição da ação “legitimidade de parte”.

Se não houver matéria preliminar para alegar ou mesmo havendo, em seguida, o réu deverá contestar o mérito: contestar fato por fato, pedido por pedido.

Fato não contestado é fato confessado.

Quando vamos contestar temos que observar para que possamos localizar todos os fatos pedidos, para que possamos contestar fato por fato, pois se o fato não for contestado é fato confessado. Expendidos = alegados.

Quando o advogado faz uma petição lógica, apresentando os fatos ele facilita a defesa.

O que deve fazer o advogado a contestar o pedido?

1. Ele tem que observar a data do fato ou acontecimento, ver o CC, 205, para fazer uma análise sobre a prescrição.

2. Observar os documentos necessários: juntar procuração e outros documentos relativos.

3. Fazer uma análise formal da petição inicial. Ver o art. 282, CPC: observar se os requisitos da petição estão presentes, se ela está apta.

4. Fazer “limpeza”: riscar tudo o que não é matéria de contestação, ou seja, apurar os fatos que foram alegados.

5. Estudar e definir a matéria de defesa.

6. Elaborar a contestação.

Na contestação atacamos toda a matéria apresentada, e ao final pedimos a improcedência do pedido.


Fonte: http://pt.shvoong.com/law-and-politics/law/1896972-dicas-procedimento-para-contestar-conforme/

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Adriana Cecilio - Advocacia - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: ID Serviços.
Agilidade, Eficiência e Transparência.
imagem-logo