Fique de olho nas manobras políticas do nosso país...

CCJ do Senado aprova fim da sucessão presidencial pelo vice

Para preencher a vaga da Presidência, novas eleições seriam convocadas em até 90 dias


Brasília - A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou hoje (3) uma proposta de emenda à Constituição que trata das novas regras de substituição do presidente da República para o caso de vacância do cargo.
O substitutivo do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), aprovado em votação simbólica na comissão, prevê que em caso de impeachment, morte, doença grave, ou outro fato que caracterize a vacância na Presidência da República, novas eleições serão convocadas em até 90 dias.
O texto também diz que se faltarem menos de dois anos para o fim do mandato, as novas eleições devem ser convocadas em 30 dias. Para o caso de vacância com menos de 15 meses para acabar o governo, o novo presidente será escolhido por meio de eleição indireta pelo Congresso Nacional.
 Pelo substitutivo, o vice assumirá a Presidência apenas interinamente, ficando no cargo até a escolha do novo presidente.


Os comentários no twitter acerca deste assunto, dizem que esta manobra se trata de uma forma de evitar que Michel Temer tome posse no lugar de Dilma, pois segundo algumas pessoas próximas a ela, a doença (câncer) que ela esteve acometida no início da campanha, retornou.
Neste país tudo tem um porque e este, nunca é voltado a preocupação com o povo, sempre são conluios de interesses internos dos partidos. Fiquemos atentos a isto!

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Adriana Cecilio - Advocacia - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: ID Serviços.
Agilidade, Eficiência e Transparência.
imagem-logo